RESUMO – Neste estudo, investiga-se a relação entre a expansão da economia brasileira e o grau de formalização do seu mercado de trabalho no período recente. Apresentamos um arcabouço teórico que procura explicar essa relação por meio das estratégias de contratação de mão-de-obra por parte das firmas. As principais predições desse arcabouço são: a parcela do emprego formal cresce à medida que a taxa de desemprego cai e o hiato salarial entre empregados formais e informais aumenta, pelo menos na primeira parte do período de expansão da economia. Na parte empírica, dados longitudinais da Pesquisa Mensal de Emprego (PME/IBGE) são utilizados para confirmar ou não essas predições. Os resultados mostram que, em larga medida, elas são confirmadas.

Download do Paper

Ano: 2012

Working-paper: 031

Share This: