Autor: Samuel de Abreu Pessoa

WP056 – Globalization and the Industrial Revolution

ABSTRACT – This paper argues that trade specialization played an indispensable role in supporting the Industrial Revolution. We calibrate a two-good and two-sector overlapping generations model to England’s historical development and investigate how much different England´s development path would have been if it had not globalized in 1840. The open-economy model is able to closely match the data, but the closed-economy model cannot explain the fall in the value of land relative to wages observed in the 19th century. Without globalization, the transition period in the British economy would be considerably longer than that observed in the data and key variables, such as the share of labor force in agriculture, would have converged to …gures very distant from the actual ones.   Download do Paper Ano: 2013 Working-paper: 056 Samuel de Abreu Pessoa Ler todos os Posts de Samuel de Abreu Pessoa’s Share...

Leia mais

WP028 – Uma Análise da Redução da Taxa de Desemprego

A significativa redução das taxas de desemprego verificada no Brasil nos últimos anos é o objeto de estudo de Fernando H. Barbosa Filho (IBRE/FGV) e Samuel Pessôa (IBRE/FGV). Usando dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) de 2001 a 2008, divididos em seis amostras distintas por períodos e regiões geográficas, o trabalho apontou que o grau de redução variou conforme a região do país, mostrando-se maior nas áreas metropolitanas. Também em relação às metrópoles, o trabalho verificou, por meio da decomposição de variáveis, que o nível de escolaridade mais elevado da força de trabalho contribuiu para a redução mais acentuada do desemprego nessas áreas, o que pode estar relacionado ao modo mais veloz com que o processo de universalização da educação ocorreu nas capitais. A diferença das taxas de desemprego entre as regiões metropolitanas também foi alvo de análise e os resultados mostram que o efeito composição de raça/cor explica parcela significativa da diferença entre Porto Alegre, que tem o um nível de desemprego bem mais baixo, e Rio de Janeiro, Salvador e Recife. O artigo mostra, ainda, que entre 25% e 30% da redução do desemprego está relacionada às variáveis educação e idade, respectivamente. Já o gênero não exerceu influência sobre a queda. O paper não corrobora resultados de literaturas anteriores que evidenciaram migração do emprego para fora das Regiões metropolitanas. Download do Paper Ano: 2012...

Leia mais