Autor: Naercio Menezes Filho

WP 084 O Impacto das Importações Chinesas sobre a Produtividade Setorial no Brasil

Abstract – O objetivo deste artigo é estimar os impactos das importações da China sobre a produtividade setorial no Brasil. Diversos trabalhos mostram que a produtividade no país é baixa e está crescendo ainda mais lentamente nos últimos anos. A literatura internacional, com foco principalmente na análise de países desenvolvidos, mostra os efeitos positivos da abertura comercial sobre a produtividade. Utilizando dados setoriais da indústria e de comércio internacional, encontramos resultados diferentes para o Brasil e em linha com outros estudos de países em desenvolvimento. Um aumento de dez pontos percentuais na participação das importações chinesas em relação às importações totais gera uma queda de 5,7% na produtividade total dos fatores setorial em cinco anos. Download do Paper Ano: 2015 Working-paper: WP – 084 Naercio Menezes Filho Ler todos os Posts de Naercio Menezes Filho’s Share...

Leia mais

WP 086 Probabilidades de Admissão e Desligamento no Mercado de Trabalho Brasileiro

Abstract – Este artigo avalia as probabilidades de admissão e desligamento no mercado de trabalho brasileiro, e mensura sua contribuição para a variabilidade cíclica da taxa de desemprego no país. Para isso, é utilizada uma metodologia recente, que permite a obtenção das probabilidades através dos estoques de empregados e desempregos corrigindo o viés de agregação de tempo. Verificamos que, para o período de 1983 a 2001, as oscilações da taxa de admissão foram responsáveis por 75% da variabilidade da taxa de desemprego nas principais regiões metropolitanas do Brasil. Entre 2004 e 2013 a taxa de admissão explica 80% dessas variações. Download do Paper Ano: 2015 Working-paper: 086 Naercio Menezes Filho Ler todos os Posts de Naercio Menezes Filho’s Share...

Leia mais

WP 085 Salário Mínimo e Desigualdade Salarial: Um Estudo com Densidades Contra factuais nas Regiões Metropolitanas Brasileiras

Abstract – Nos anos 2000 o mercado de trabalho brasileiro apresentou diversas transformações, em paralelo ao acelerado crescimento real do salário mínimo e ampliação do setor formal. Nosso objetivo é avaliar o peso desses dois fatores, das mudanças nas condições de oferta e demanda e das características da força de trabalho sobre a distribuição salarial entre 2004 e 2014. Nossos resultados indicam que o salário mínimo contribuiu para reduzir dispersão salarial, especialmente entre as mulheres e no estrato mais baixo da distribuição. Entre aqueles com maior renda, o principal fator para reduzir a dispersão foram as condições de oferta e demanda. Download do Paper Ano: 2015 Working-paper: 085 Naercio Menezes Filho Ler todos os Posts de Naercio Menezes Filho’s Share...

Leia mais

WP071 – Running Away from the Poor: Bolsa-Familia and Entry in School Markets

Abstract – Policies designed to reduce inequality may fail because socioeconomic strati_cation can reappear through the private school system. We develop a theoretical model linking the skill distribution of the student population to the pro_tability of private schools. We use panel data of Brazilian municipalities to examine the relationship between test scores dispersion and private school entry. Bolsa-Familia, an important conditional cash transfer program, is used as a source of exogenous variation for the test scores’ dispersion in the public system. We show that towns where the students’ skill distribution widened because of Bolsa-Familia were more likely to attract new private schools. Download do Paper Ano: 2014 Working-paper: 071 Naercio Menezes Filho Ler todos os Posts de Naercio Menezes Filho’s Share...

Leia mais

WP065 – The Impact of the Expansion of the Bolsa Familia Program on the Time Allocation of Youths And Their Parents

ABSTRACT – This paper evaluates the impact of the 2007 expansion of the Bolsa Família program to families with youths aged 16 to 17 years (entitled Benefício Variável Jovem) on the time allocation of youths and on the labor supply of their parents. A differences-in-differences intention to treat estimator was used to compare households among the poorest 20 per cent with 16 years old youths with households in the same income bracket with 15 years old adolescents before and after the expansion. The results show that granting the benefit had a positive and significant impact on school attendance, helping bridge 25% of the gap in school attendance between rich and poor households, and on the decision of young people to study and work at the same time. The effects on school attendance were stronger for males and when the child was the youngest in the household. No impacts were found on the parents’ labor supply. Download do Paper Ano: 2012 Working-paper: 065 Naercio Menezes Filho Ler todos os Posts de Naercio Menezes Filho’s Share...

Leia mais