Autor: Leonardo Rezende

WP008 – Flex Cars and Competition in Ethanol and Gasoline Retail Markets

O objetivo desta pesquisa é testar a influência da difusão da  tecnologia veicular  bicombustível, conhecida como “flex”, sobre a  competição entre os preços da gasolina e  do álcool no varejo.  Comparando, em um único painel, informações de pesquisas  conduzidas sistematicamente pela ANP (Agência Nacional do  Petróleo) e dados sobre  penetração formal desse tipo de carro em 38  municípios do Rio de Janeiro fornecidos pelo  DETRAN-RJ  (Departamento Estadual de Trânsito), os autores João Paulo Pessoa  (London  School of Economics), Leonardo Rezende (PUC-Rio) e Juliano Assunção (PUC-Rio)  confirmaram o prognóstico de que o aumento de 10% na frota flex reduz os preços do álcool e gasolina, respectivamente, em 8 a 2 centavos de dólar por litro. A hipótese defendida pelo estudo é de que a redução sincronizada dos valores pode ser uma reação das empresas distribuidoras ao choque causado pela propagação do carro flex registrada a partir de 2003. A pesquisa também propõe um método para identificar, estruturalmente, parâmetros de demanda por combustível a partir da estimativa das melhores respostas ao preço e aponta que o coeficiente de repasse do custo ao preço, nesse tipo de mercado, gira em torno de 0.5, conforme previsto pela teoria do oligopólio. Por Equipe REAP Download do Paper Ano: 2011 Working-paper: 008 Leonardo Rezende Visite o website Ler todos os Posts de Leonardo Rezende’s Share...

Leia mais

WP002 – Do Public Banks Compete with Private Banks? Evidence from Concentrated Local Markets in Brazil

ABSTRACT – We extend the framework of Bresnahan and Reiss [1991a] to measure the competitive effect of the public ownership of banks in concentrated local banking markets in Brazil. We use variation in market size, the number of competitors and their identities to determine how the conduct of private banks is affected by the entry of a public bank. We find that local markets whose structure includes private bank duopolies are more than 35% larger than private monopolies, whereas duopolies containing one public bank and one private bank and private monopolies do not differ with respect to market size. These results suggest that the presence of a rival private bank toughens competition, but the presence of a public bank does not affect the conduct of private banks. Download do Paper Ano: 2011 Working-paper: 002 Leonardo Rezende Visite o website Ler todos os Posts de Leonardo Rezende’s Share...

Leia mais