Autor: Ana Lúcia Kassouf

WP013 – A Ampliação da Jornada Escolar Melhora o Desempenho Acadêmico dos Estudantes?

INTRODUÇÃO – O acesso à educação é uma preocupação comum aos países do mundo todo. Recentemente, o tema tem sido abordado por muitos estudos e, essa atenção especial pode ser justificada pelos benefícios que o investimento em capital humano proporciona aos indivíduos e à sociedade como um todo. Entre as vantagens individuais da educação, destaca-se seu papel na determinação da renda futura dos indivíduos1. Além disso, a educação também tem efeitos importantes sobre o crescimento e desenvolvimento econômico dos países: o desenvolvimento educacional proporciona, por exemplo, melhorias na qualidade da mão-deobra, que segue acompanhada de aumentos de produtividade2.  Quando se analisa a questão educacional, dois pontos são relevantes: o atendimento escolar e a qualidade do ensino. No que tange à inclusão escolar no Brasil, observa-se, a partir dos dados do INEP, uma melhora acentuada nos indicadores de cobertura escolar. De 1991 a  2000, o atendimento escolar passou de 89% para 96,4%, entre as crianças de 7 a 14 anos, e de 62,3% para 83% para adolescentes de 15 a 17 anos. Por outro lado, a qualidade do ensino não teve o mesmo êxito, já que o Brasil continua apresentando indicadores educacionais abaixo dos padrões internacionais (…).  Download do Paper Ano: 2011 Working-paper: 013 Ana Lúcia Kassouf Ler todos os Posts de Ana Lúcia Kassouf’s Share...

Leia mais

WP011 – Impacto da Frequência Pré-Escolar dos Filhos sobre o Trabalho das Mães no Brasil

RESUMO – A quantidade de filhos afeta negativamente a participação das mães no mercado de trabalho. Nesse sentido, a educação infantil contribui para elevar a empregabilidade das mães. Assim, o objetivo deste artigo é avaliar o efeito da frequência pré-escolar dos filhos sobre as variáveis de trabalho das mães no Brasil. As estimativas são feitas com base no método de Regressão Descontínua. Os resultados mostram que os filhos que frequentam pré-escola elevam a participação das mães no mercado de trabalho em 28% e aumentam em 19 horas a jornada de trabalho semanal, contudo, não afetam salários. Além disso, as crianças que nasceram após o dia 1º de março têm 3% a menos de chances de freqüentar pré-escola. Download do Paper Ano: 2011 Working-paper: 011 Ana Lúcia Kassouf Ler todos os Posts de Ana Lúcia Kassouf’s Share...

Leia mais

WP010 – Impacto da Educação Defasada sobre a Criminalidade no Brasil

A pesquisa de Evandro Camargos Teixeira (UFOP) e Ana Lúcia Kassouf (ESALQ/USP) analisa o   reflexo da taxa de abandono escolar entre alunos da primeira série do ensino médio sobre a taxa de homicídios no país. Os autores lembram que não existem trabalhos no país que  investiguem, especificamente, o impacto do nível de escolaridade sobre o crime e afirmam  que, durante todo o estudo, constataram relação intrínseca entre ambos. Utilizando dados de  2001 a 2005, o trabalho mostra que a elevação na taxa de abandono da escola aumenta a taxa  de homicídios um ano mais tarde, o que é...

Leia mais

WP009 – A Relação entre Violência nas Escolas e Desempenho Escolar no Estado de São Paulo em 2007

RESUMO – O objetivo desse artigo é mensurar o impacto da violência sobre o desempenho escolar dos alunos do estado de São Paulo no ano de 2007. Para tal, é utilizado um modelo logit multinível que possibilita a análise hierárquica dos dados. Os resultados demonstram que a violência nas escolas diminui em 0,54% a probabilidade dos alunos da terceira série do  ensino médio apresentarem um desempenho satisfatório em matemática. Nesse sentido, o estado de São Paulo e consequentemente o país tendem a apresentar um nível menos elevado de capital humano. Download do Paper Ano: 2011 Working-paper: 009 Ana Lúcia Kassouf Ler todos os Posts de Ana Lúcia Kassouf’s Share...

Leia mais